quinta-feira, 31 de março de 2011

Você consegue mandar a tristeza embora com facilidade?


Companheira, sei que você vai chorar quando ler esta carta, mas quero deixar de ver você por uns tempos. Vai ser difícil para mim, pois me acostumei à sua presença, porém não vejo mais motivos para continuarmos juntas. Não nego sua importância; em diversos momentos difíceis da minha vida você permaneceu comigo, mesmo quando todos se afastaram. Só que, com você, sinto que não ando para a frente. Esse seu pessimismo me atrapalha.

Tenho tentado evitar você de todas as maneiras, e isso não é legal. Ainda mais porque sei que se magoa por qualquer coisinha. Mas basta você chegar e lá se vai minha alegria. Não agüento mais os seus assuntos mórbidos, a sua cara desanimada. Até sexo, com você, ficou sem graça. Nada mais broxante do que gente que chora durante a transa.

Perdi anos de minha vida ao seu lado, tristeza, acreditando em tudo que você dizia. Que o amor não existe e o mundo não tem jeito. Você é péssima conselheira para suas parceiras - que o digam a Marilyn e a Sylvia*. Agora, chegou a hora de dar chance à alegria, que há muito tem mostrado interesse em passar uns tempos comigo. Ela me elogia, sabe? Você? O único elogio que eu lembro de ter ouvido de você foi que eu fico bem de olheiras.

Veja bem: não estou dizendo que quero acabar com você para sempre. Sei que estou presa a você, de uma forma ou de outra, pelo resto da vida. E podemos muito bem ter os nossos momentinhos juntas, aos domingos ou em longas tardes de poesia. Só não posso é continuar à mercê dos seus péssimos humores, dia após dia, sabendo que você nunca irá mudar. Chega de fornecer moradia à sua pesada existência.

Desde pequena, abro mão de muita coisa pela sua companhia. Festas a que não fui porque você não me deixou ir, paisagens lindas nas quais não reparei porque você exigiu de mim total atenção, amigas que perdi porque insisti em levar você comigo a todos os lugares. Ora, tristeza, tente ao menos ser mais leve. Sorria de vez em quando, pare um pouco de se lamentar. Ou vai continuar sendo assim: ninguém querendo ficar com você.

Não vou cobrar o que deixei de ganhar por sua má infl uência, pois sei que tristezas não pagam dívidas. Mas quero de volta meus discos de dance music, que você tirou da prateleira. E minhas roupas estampadas, que sumiram do meu armário depois que você se
instalou aqui.

Por favor, não tente entrar em contato comigo com as mesmas velhas razões de sempre. Não é a fria lógica dos seus argumentos que irá guiar meu coração daqui por diante. Quero ver a vida por outros olhos, que não os seus. Quero beber por outros motivos, que não afogar você dentro de mim. Cansei da sua falta de senso de humor, do seu excesso de zelo. Vá resolver as suas carências em outro endereço.

Como me disse o Lulu, hoje de manhã, no carro, a caminho do trabalho: "Não te quero mal, apenas não te quero mais".

Bye-bye,

Fernanda Young

A COISA MAIS CRUEL QUE ALGUÉM PODE FAZER É PERMITIR QUE ALGUÉM SE APAIXONE POR VOCÊ, QUANDO VOCÊ NÃO PRETENDE FAZER O MESMO



Nunca diga te amo se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.

Nunca toque numa vida se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar em lágrimas por causa de ti.

A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo.

Mário Quintana

Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura.



Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos
e olhar misterioso.
Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura.
Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista.
Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo.
Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez.
Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.

Caio F. Abreu

O que toda mulher esperta deveria saber...



* Trocar pneu, pregar botão, pendurar quadro (na altura certa).

* Não dá para mudar a sua altura, a largura do seu quadril e o tamanho do seu pé.

* Quando insistir em uma relação. E quando pular fora rapidinho.

* Ele nem era tão bom assim.

* Deve ter sempre em casa: um bom uísque, um bom vinho, uma boa trilha sonora e camisinha.

* O melhor da revista masculina não é a entrevista - mesmo que ele jure que é.

* Um brigadeiro, ok. Dois brigadeiros, ok. Três brigadeiros, não.

* Nem sempre a vida é justa.

* Ao menos como fritar ovo.

* Não, os homens não gostam de mulheres que falam com voz de criança.

* Nem tudo o que está na moda fica bem em você.

* O melhor investimento de beleza é o protetor solar - e não tratamentos anti-idade.

* Pílula do dia seguinte deve ser usada em casos de emergência - e não como contraceptivo.

* A regra do impedimento do futebol.

* Dança do ventre só é legal na novela.

* Não é porque você é boazinha que as pessoas vão ser boazinhas com você.

* A diferença entre destilados e fermentados. E que um não se mistura com o outro.

* Até a Angelina Jolie foi traída.

* Quem são Jean-Paul Sartre, Gabriel García Márquez e Franz Kafka.

* Que ninguém sabe tudo. Nem você.

Fonte: Atitude WH - Women´s Health Brasil

Mas seus sonhos só se realizam quando você declara independência. Viva!


A vida é uma festa — em todos os sentidos. Chega de médio, chega de medo, de escuro, de pouco, de não. Viva a cor e a coragem! Mas seus sonhos só se realizam quando você declara independência. Viva!

Edson Marques

Os sonhos não envelhecem...Vai em frente.



A vida ainda não terminou.
E já dizia o poeta "que os sonhos não envelhecem..."
Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.
Padre Fábio de Melo

Eu só acredito em intoxicação, em êxtase, e quando vida ordinária me algemar, eu escapo, de uma maneira ou de outra



“Eu sou uma pessoa excitável que só entende vida liricamente,
musicalmente, em quem sentimentos são muito mais fortes que a razão.
Eu estou tão sedenta para o maravilhoso
que só o maravilhoso tem poder sobre mim.
Qualquer coisa que eu não possa transformar em algo maravilhoso, eu deixo ir.
Realidade não me impressiona. Eu só acredito em intoxicação,
em êxtase, e quando vida ordinária me algemar, eu escapo,
de uma maneira ou de outra. Nenhum muro mais.”
__ Anais Nin __

quarta-feira, 30 de março de 2011

"Ai, não tem homem no mundo”, Ai, eles não são românticos”, “Ai, ele não abaixa a tampa da privada”,“Ai, ele só pensa em futebol”…



Pare, querida! Antes que seja tarde demais.
São raras as mulheres que gostam e respeitam a natureza masculina sem tentar transformá-la. As lésbicas são as únicas que admitem (mesmo que inconscientemente) que mulheres são criadas para gostar de mulheres, e não para gostarem de homens. Elas se poupam da tarefa insana de mudar os homens e não ficam empatando o jogo como muitas mulheres que tentam, a qualquer custo, acabar com o que ainda existe de masculinidade neste planeta.

Que a verdade seja dita: hoje em dia, um homem que preencha todos os requisitos do homem perfeito não é um homem; é uma mulher.

É só olhar para trás…
Assim que começamos a nos relacionar (me deixem generalizar em paz, por favor!) estabelecemos a separação: menina brinca com menina e menino brinca com menino.
Meninos jogam bola e meninas brincam de casinha, meninos fazem “eca, sai pra lá” quando o assunto é namorada e meninas conversam naturalmente sobre rapazes desde o jardim da infância.
Até aí tudo bem, se não fosse pelo fato de que as meninas constroem a imagem dos príncipes baseadas nas qualidades femininas, e não nas masculinas.
Elas idealizam o homem perfeito a partir do mundo cor-de-rosa criado entre elas enquanto os garotos, quando muito, pensam em mulheres de forma muito superficial.
Acreditem, é ai que a vaca vai para o brejo!
Na adolescência a maior parte das garotas já está escolada de tagarelar com as coleguinhas sobre como um garoto deve se portar para ser um bom namorado.
E por mais esforço que uma mulher faça para pensar por conta própria o namoro e o namorado estarão fantasiados, prontos e acabados em suas mentes antes mesmo do seu primeiro beijo.
Daí para a decepção com o universo masculino resta pouco…
E que culpa os homens tem?
Nenhuma.
Os pobres rapazes normalmente começam suas relações sem muitas expectativas (diga-se de passagem, uma atitude muito saudável). Entram de manés na brincadeira por conta dos incompreensíveis hormônios que começam a despertar suas duas cabeças e, muitas vezes, ainda levam a fama de sapos.
Também, pudera!
Elas esperam um garoto educado, romântico, arrumadinho, comportado, fiel, que goste de conversar…
E o que elas encontram? Um menino maluquinho, um garoto apaixonado, um ser acostumado a passar os dias transpirando, cheirando mal e se vangloriando disso para os amigos, que se masturba pensando até nas curvas de uma garrafa de Coca-Cola e que troca, no máximo, meia dúzia de gírias e expressões da moda com o resto da molecada.
Aí elas pensam: “Ai, meu deus! É impossível namorar este menino!”.
E eu digo: Sim, minha flor. Porque isto é um homem. E se você quiser que ele seja muito diferente, você corre o risco de transformá-lo em uma moça.
Não, ele não gostará de outros homens. Mas se tornará um homem tão sensível aos seus apelos de mudança que não se reconhecerá mais. E você terá sob o seu domínio um ser que nunca lhe roubará um beijo, que irá lhe tratar como algo quebrável, que disputará a tapas com você os seus cremes, xampus e os espelhos da casa. Em busca da masculinidade perdida, ele terá tantas ou mais crises que você e, se vacilar, pedirá para você matar todas as baratas que entrarem por baixo da porta.
É… Até você perceber que está insatisfeita.
Neste dia você passará a ter dores de cabeça, criará novos efeitos para a TPM, perderá horas discutindo a relação, perceberá que bastaria se ele tivesse crescido, aprendido a tomar banho com frequência e cuidasse de você. Descobrirá que o que você queria de verdade era sexo nervoso, beijos calientes, um amante másculo, seguro de si, de pulso firme, Bozzano no cangote e sem crises bestas.
Um homem simplesmente…
Um homem de corpo, alma, atitude e que não se deixe manipular por teorias e pirações femininas.
Um homem, afinal…
Que lhe respeite, proteja e não deixe de jogá-la na parede e chamá-la de lagartixa.
Alê Felix

Uma flor, seguindo a pulsão da vida, desabrocha em meio às outras. Mas para desabrochar, deverá disputar um espaço com as demais. Necessitará se impor, senão não desabrochará.



Uma flor, seguindo a pulsão da vida, desabrocha em meio às outras.
Mas para desabrochar, deverá disputar um espaço com as demais.
Necessitará se impor, senão não desabrochará.
O ser humano, para crescer e se desenvolver, tal como a flor, necessitará de se ver livre dos maneirismos neuróticos que o torna despersonalizado, isento de uma identidade forte e saudável. Que o faz viver como uma flor de plástico, sem autenticidade e expressividade.
Um exemplo pode ser aquela pessoa aparentemente prestativa e generosa para com todos.
Não se trata de uma crítica quanto à atitude em ser bondoso.
Refiro-me não a bondade enquanto uma qualidade necessária para vivermos bem com as outras pessoas, mas de um gesto cordial em que se oculta uma manifestação compulsiva em ser bom, que se presta a uma obediência servil para se evitar a rejeição.
Bondade saudável não significa a anulação de si mesmo e de seus desejos para a eterna satisfação dos outros.
Bondade saudável não significa dizer sim sempre.
Bondade saudável não significa deixar que os outros ditem as regras para sua vida.
Bondade saudável não significa deixar que os outros invadam seus limites.
Bondade compulsiva é nobre e até conveniente aos olhos dos outros, mas tremendamente corrosiva ao nosso ser.
Pois abre espaço para o ressentimento e a decepção que geralmente surgem quando deixamos de fazer algo por nós mesmos.
Ou quando temos a dificuldade de aceitar a ingratidão de alguém.
De aceitar a realidade de que ninguém é obrigado a reconhecer ou retribuir o que fizemos por eles.
Bondade saudável é um sentimento que se estende através de um gesto amoroso que brota naturalmente, sem a necessidade de se negociar algo em troca.
Seremos aceitos por uns e rejeitados por outros, isto é um fato. Portanto, não temos obrigação nenhuma em provar o tempo todo que somos pessoas boas nos submetendo a um comportamento de uma criança que, em busca da aprovação dos outros, se faz boazinha anulando a própria vontade.
Se este é o seu caso, necessita-se que se corte o cordão umbilical que o aprisiona à vontade que seus pais e qualquer outro adulto tiveram para que fosse bonzinho, de modo que, mesmo com todos os riscos que tenha que correr, você possa ser você mesmo com mais inteireza e integridade.
Assim, diante da compulsão de fazer o bem, permita-se a ser mau de vez em quando.
Permita-se, na sua autenticidade e individualidade, a ser a flor que desabrocha e embeleza no jardim da vida.

Texto de Hélio Arakaki-

Dor da alma é dor nunca passa .É dor e pronto.



A dor na alma é uma dor tão doída
Que só quem sentiu sabe que
Dor da alma não tem remédio
A não ser o tempo
Dor da alma não tem colo de mãe
Que de jeito
Dor da alma
Dói pura e simplesmente e é
Uma dor lenta,
Aguda e absurda
Que vai nos corroendo
E nos deixando em pedaços
E nos atira no chão de nós mesmos
Dor da alma
É uma dor que deixa
Um nó na garganta
Que só desata quando
A dor vem pros olhos e
Se transforma em lágrimas
A dor escorre lentamente por nossa face
Mas a alma continua machucada
E sentimos que a lavagem da alma foi apenas
Aparente.
Dor da alma é dor
Que, quando se sente, na verdade nunca passa.
É dor e pronto.

Rosane Silveira

Passarinho engaiolado



O mais triste de um passarinho engaiolado
é que ele se sente bem.
Mário Quintana

Quantos socos você precisa levar para aprender a viver?



A arte de viver consiste em assimilar os socos,
manter os pés no chão e os olhos cheios de estrelas.
Mas haja soco até a gente apreender as regras desse jogo.

Alexandre Inagaki

Assim como as estações,as pessoas têm a habilidade de mudar. Algumas vezes leva o quebrado a se tornar inteiro de novo.



Assim como as estações,as pessoas têm a habilidade de mudar. Não acontece com freqüência mais quando acontece é sempre para o bem. Algumas vezes leva o quebrado a se tornar inteiro de novo.As vezes é preciso abrir as portas para novas pessoas e deixá-las entrar. Na maioria das vezes ,é preciso apenas uma pessoa que tenha pavor de demonstrar o que sente para conseguir o que jamais achou possível. E algumas coisas nunca mudam.
- Gossip Girl

Se não fosse amor eu já teria desistido de nós.



Se não fosse amor, não haveria planos, nem vontades, nem ciúmes, nem coração magoado. Se não fosse amor, não haveria desejo, nem o medo da solidão. Se não fosse amor não haveria saudade, nem o meu pensamento o tempo todo em você. Se não fosse amor eu já teria desistido de nós.


(AD)

OS HOMENS DESEJAM AS MULHERES QUE NÃO EXISTEM



Está na moda - muitas mulheres ficam em acrobáticas posições ginecológicas para raspar os pêlos pubianos nos salões de beleza. Ficam penduradas em paus-de-arara e, depois, saem felizes com apenas um canteirinho de cabelos, como um jardinzinho estreito, a vereda indicativa de um desejo inofensivo e não mais as agressivas florestas que podem nos assustar. Parecem uns bigodinhos verticais que (oh, céus!...) me fazem pensar em... Hitler.
Silicone, pêlos dourados, bumbuns malhados, tudo para agradar aos consumidores do mercado sexual. Olho as revistas povoadas de mulheres lindas... e sinto uma leve depressão, me sinto mais só, diante de tanta oferta impossível. Vejo que no Brasil o feminismo se vulgarizou numa liberdade de "objetos", produziu mulheres livres como coisas, livres como produtos perfeitos para o prazer. A concorrência é grande para um mercado com poucos consumidores, pois há muito mais mulher que homens na praça (e-mails indignados virão...) Talvez este artigo seja moralista, talvez as uvas da inveja estejam verdes, mas eu olho as revistas de mulher nua e só vejo paisagens; não vejo pessoas com defeitos, medos. Só vejo meninas oferecendo a doçura total, todas competindo no mercado, em contorções eróticas desesperadas porque não têm mais o que mostrar. Nunca as mulheres foram tão nuas no Brasil; já expuseram o corpo todo, mucosas, vagina, ânus.
O que falta? Órgãos internos? Que querem essas mulheres? Querem acabar com nossos lares? Querem nos humilhar com sua beleza inconquistável? Muitas têm boquinhas tímidas, algumas sugerem um susto de virgens, outras fazem cara de zangadas, ferozes gatas, mas todas nos olham dentro dos olhos como se dissessem: "Venham... eu estou sempre pronta, sempre alegre, sempre excitada, eu independo de carícias, de romance!..."
Sugerem uma mistura de menina com vampira, de doçura com loucura e todas ostentam uma falsa tesão devoradora. Elas querem dinheiro, claro, marido, lugar social, respeito, mas posam como imaginam que os homens as querem.
Ostentam um desejo que não têm e posam como se fossem apenas corpos sem vida interior, de modo a não incomodar com chateações os homens que as consomem.
A pessoa delas não tem mais um corpo; o corpo é que tem uma pessoa, frágil, tênue, morando dentro dele.
Mas, que nos prometem essas mulheres virtuais? Um orgasmo infinito? Elas figuram ser odaliscas de um paraíso de mercado, último andar de uma torre que os homens atingiriam depois de suas Ferraris, seus Armanis, ouros e sucesso; elas são o coroamento de um narcisismo yuppie, são as 11 mil virgens de um paraíso para executivos. E o problema continua: como abordar mulheres que parecem paisagens?
Outro dia vi a modelo Daniela Cicarelli na TV. Vocês já viram essa moça? É a coisa mais linda do mundo, tem uma esfuziante simpatia, risonha, democrática, perfeita, a imensa boca rósea, os "olhos de esmeralda nadando em leite" (quem escreveu isso?), cabelos de ouro seco, seios bíblicos, como uma imensa flor de prazeres. Olho-a de minha solidão e me pergunto: "Onde está a Daniela no meio desses tesouros perfeitos? Onde está ela?" Ela deve ficar perplexa diante da própria beleza, aprisionada em seu destino de sedutora, talvez até com um vago ciúme de seu próprio corpo. Daniela é tão linda que tenho vontade de dizer: "Seja feia..."
Queremos percorrer as mulheres virtuais, visitá-las, mas, como conversar com elas? Com quem? Onde estão elas? Tanta oferta sexual me angustia, me dá a certeza de que nosso sexo é programado por outros, por indústrias masturbatórias, nos provocando desejo para me vender satisfação. É pela dificuldade de realizar esse sonho masculino que essas moças existem, realmente. Elas existem, para além do limbo gráfico das revistas. O contato com elas revela meninas inseguras, ou doces, espertas ou bobas mas, se elas pudessem expressar seus reais desejos, não estariam nas revistas sexy, pois não há mercado para mulheres amando maridos, cozinhando felizes, aspirando por namoros ternos. Nas revistas, são tão perfeitas que parecem dispensar parceiros, estão tão nuas que parecem namoradas de si mesmas. Mas, na verdade, elas querem amar e ser amadas, embora tenham de ralar nos haréns virtuais inventados pelos machos. Elas têm de fingir que não são reais, pois ninguém quer ser real hoje em dia - foi uma decepção quando a Tiazinha se revelou ótima dona de casa na Casa dos Artistas, limpando tudo numa faxina compulsiva.
Infelizmente, é impossível tê-las, porque, na tecnologia da gostosura, elas se artificializam cada vez mais, como carros de luxo se aperfeiçoando a cada ano. A cada mutação erótica, elas ficam mais inatingíveis no mundo real. Por isso, com a crise econômica, o grande sucesso são as meninas belas e saradas, enchendo os sites eróticos da internet ou nas saunas relax for men, essa réplica moderna dos haréns árabes. Essas lindas mulheres são pagas para não existir, pagas para serem um sonho impalpável, pagas para serem uma ilusão. Vi um anúncio de boneca inflável que sintetizava o desejo impossível do homem de mercado: ter mulheres que não existam... O anúncio tinha o slogan em baixo: "She needs no food nor stupid conversation." Essa é a utopia masculina: satisfação plena sem sofrimento ou realidade.
A democracia de massas, mesclada ao subdesenvolvimento cultural, parece "libertar" as mulheres. Ilusão à toa. A "libertação da mulher" numa sociedade ignorante como a nossa deu nisso: superobjetos se pensando livres, mas aprisionadas numa exterioridade corporal que apenas esconde pobres meninas famintas de amor e dinheiro. A liberdade de mercado produziu um estranho e falso "mercado da liberdade". É isso aí. E ao fechar este texto, me assalta a dúvida: estou sendo hipócrita e com inveja do erotismo do século 21? Será que fui apenas barrado do baile?
Arnaldo Jabor

O homem certo não precisa de rótulos, é aquele que nos encanta com o que tem por dentro e com o que nos faz sentir quando estamos com ele, independente de qualquer adereço ou adjetivos que ele possa ter!!!!!



A mulher inteligente sabe que o homem certo nem sempre é o homem óbvio...

Qual seria o perfil do homem certo e o perfil do homem óbvio.
Cheguei então a seguinte conclusão: o homem não pode ser considerado certo só porque é incrivelmente bonito, é super bem sucedido aliás em qualquer emprego se daria super bem, nunca deixa você pagar a conta, se veste maravilhosamente bem, tem o carro do ano, pratica esporte, tem uma barriga de dar inveja a qualquer tanque dos mais modernos, é a pessoa mais sociável que você já sonhou em conhecer um dia, é romântico, é super inteligente portanto fala de qualquer assunto e vocês nunca ficam calados por mais de 5 segundos, sabe dizer as coisas certas na hora certa, na presença dele você se sente uma pessoa mais importante, te dá um monte de presentes e sempre acerta, se dá bem com sua família, seu cachorro até o vigia da sua rua é fã do cara.
Isto tudo não basta para ser considerado o cara certo, pelo menos para mim não. Este não é o homem certo é o homem óbvio que qualquer ser humano gostaria de ser ou possuir...
Qualquer mulher cairia aos pés deste homo sapiens sem que ele fizesse qualquer esforço para tal. É óbvio demais. Para este ou qualquer homem ser realmente o cara certo ele não precisa ser só incrivelmente bonito ele tem que ser extremamente cuidadoso com a relação, tem que ser carinhoso sim com todos mas principalmente conosco. Ele não precisa tentar nos impressionar escolhendo o melhor restaurante ou o vinho mais caro e sim escolher um lugar que tenha haver com os dois. Ele não precisa saber de todos os assuntos que rolam ele precisa ser culto e saber um pouquinho de cada coisa. Ele não precisa pagar sempre a conta, de vez em quando a gente pode dividir.
Ele não precisa ser perfeito, precisa ser natural. Ele não precisa ser o melhor em tudo e sim o melhor naquilo que faz. Ele não precisa nos fazer sentir uma pessoa mais importante quando estamos na presença dele, precisa demonstrar o quanto somos importantes um para o outro.

Ele pode ser tudo aquilo que um homem óbvio é ou ser um cara comum se souber que amar de verdade é doar sem se preocupar, abrir mão de vez em quando, entender quando estamos na TPM, saber criticar sem magoar, fazer um dia comum ser o mais especial e inesquecível, ser romântico de vez em quando, mas o principal é saber que longos amores atravessam crises mas sobrevivem, se os dois estiverem dispostos. Portanto é fato que o homem certo não precisa de rótulos, é aquele que nos encanta com o que tem por dentro e com o que nos faz sentir quando estamos com ele, independente de qualquer adereço ou adjetivos que ele possa ter!!!!!
Dani Duarte

Dor de amor...Não há médico que resolva, não há remédio que possa curar. Não há conselho que valha.



Poucas coisas doem tanto. Poucas coisas fazem tanto mal a ponto de tirar muitas vezes a vontade de viver.

Se estamos doentes, vamos a um médico, fazemos tratamento, esperamos pacientemente nossa cura. Mas estar doente de amor é outra coisa. Não há médico que resolva, não há remédio que possa curar. Não há conselho que valha.

Quando um amor chega, ele traz na bagagem muita coisa. Mais ainda do que todas as nossas noites de sonhos poderiam sonhar. O amor é sempre mais do que o que esperamos quando ainda não sabemos nada dele.

E quando ele parte, vai levando também nossos sonhos e nossa visão do amanhã. Arranca de nós de forma bruta a felicidade que se estava construindo, aquele mundo desconhecido que estávamos desbravando com tanta coragem. E sem anestesia, sem preparação. Por isso dói tanto e tanto.

Quando amamos alguém inteiramente, entregamos a essa pessoa um pedaço do nosso ser. E quando essa pessoa se vai, a impressão que temos é que esse pedaço vai junto. Por isso essa sensação de vazio no interior. E por isso também essa idéia de que nunca mais amaremos, como se o mundo não fosse uma casa repleta de portas e janelas abertas.

As lágrimas que encobrem nossos olhos, nos impedem de ver o exterior, de ver à frente. Só olhamos pra trás, o que foi vivido, o que foi sonhado; só olhamos pra dentro, o que não temos mais. E uma enorme sensação de solidão toma conta da gente.

As pessoas a volta nem sempre compreendem. Como é possível amar tanto assim? Como é possível se entregar a esse ponto de se perder? E essa incompreensão do mundo que nos cerca aumenta ainda mais nossa sensação de vazio e pequenez.

Precisamos nesses instantes de mãos que segurem nossas mãos para nos ajudar a atravessar esse período, não de pessoas que nos julguem. Precisamos de pessoas que, mesmo em silêncio, nos ajudem a sonhar novamente, a descobrir ainda as belezas que o mundo nos propõe. O mundo é ilimitado, mesmo se em alguns instantes só conseguimos ver limites.

O coração, mesmo ferido (e que ninguém duvide dessa ferida que é real!) ainda está inteiro. E ele precisa ser cuidado para que possa se restabelecer, para que possa se abrir novamente um dia a novas oportunidades que certamente virão. Porque isso vai acontecer.

Acreditem! Nada mais incansável que o coração quando se trata de amor. Nada mais teimoso! Nada mais ridículo e nada mais belo!...

Ele recomeçará. Porque se dor de amor dói tanto é porque faz também tanto bem. São as contradições da vida, mas que aceitamos de bom grado.

É só esperar um tempo e ele recomeçará. E nós com ele... porque assim segue a vida!...



Letícia Thompson

Traição virtual...É... Não tem mais jeito, caro marido arrependido... A sua mulher, como você a conheceu não existe mais. Encantado com o desconhecido, você deixou fugir um tesouro maravilhoso que estava ao seu lado.

Quem trai, trai a si próprio. Assim como qualquer ação que praticamos, sempre atingimos a nós mesmos, antes de atingir o outro. E cedo ou tarde, somos obrigados a encarar essa dolorosa verdade.

Mal feito, está feito. Por isso é sempre bom pesar e medir as conseqüências antes das ações.

Discute-se sobre uma nova ética: o que é aceitável ou não no mundo virtual. É traição ou não, o tipo de relacionamento que se desenvolve nas salas de chat, nas redes sociais. Há quem diga que passa a ser traição, somente se os dois envolvidos estenderem seus contatos para o mundo real, outros consideram traição o namoro mesmo continuando no mundo virtual.

Minha leitora escreveu-me relatando sua historia: Perdeu o marido para “a maquina” (palavras dela). E continuou: O marido começou a freqüentar sites de relacionamentos, passava horas trancado no escritório, quase não interagia mais com a família. Isso durou alguns meses até a bomba final: Ele havia conhecido e se apaixonado por outra mulher. Acabou com o casamento de doze anos, deixou os quatro filhos, o emprego, sua cidade e seu Estado e partiu para o Sul do Brasil para viver o seu grande amor.

Ela ficou ainda sem entender bem o ocorrido. Enfrentou uma barra e tanto, nunca havia trabalhado fora, teve que vencer esse e outros obstáculos retomou os estudos em meio ao sofrimento intenso. Não foi fácil, mas conseguiu. Dois anos depois ela está bem, trilhando o seu caminho. Ainda tem muita mágoa, mas está levando a sua vida, descobrindo coisas novas a cada dia.

Mas, eis que depois desse tempo, ele surge!

Está sozinho e sofrendo. A dama virtual o abandonou e se foi com outro cavalheiro virtual. Ele voltou para sua cidade, se aproximou meio tímido, está agradando as crianças e dá mostras que quer retomar o casamento.

É... Não tem mais jeito, caro marido arrependido... A sua mulher, como você a conheceu não existe mais. Encantado com o desconhecido, você deixou fugir um tesouro maravilhoso que estava ao seu lado.

A ela, os meus votos de felicidades, a vocês mulheres que enfrentam historias semelhantes, fica aqui o seu exemplo. E aos homens e mulheres que nesse momento vivem o encanto que a permissividade e o anonimato da internet propiciam fica o alerta:

Cuidado com o Canto da Sereia, hoje, ela é virtual, mas igualmente perigosa.



*Regina Racco

terça-feira, 29 de março de 2011

Quem nos faz falta, acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape.



Ele pode estar olhando tuas fotos neste exato momento. Por que não? Passou-se muito tempo, detalhes se perderam. E daí? Pode ser que ele faça as mesmas coisas que você faz escondida, sem deixar rastro nem pistas. Talvez, ele passa a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram teus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você. Todos os dias. E, ainda assim, preferir o silêncio. Ele pode reler teus bilhetes, procurar o teu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as tuas músicas, procurar a tua voz em outras vozes. Quem nos faz falta, acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape. Talvez, ele perceba que você faz falta e diferença, de alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez, ele volte. Ou não.

Caio F. Abreu

Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar. Eu quero é o mergulho. Entrar de roupa e tudo no infinito que é a vida.



Sigo a vida conforme o roteiro, sou quase normal por fora, pra ninguém desconfiar. Mas por dentro eu deliro e questiono. Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, um alegria que caiba dentro da bolsa. Eu quero mais que isso. Quero o que não vejo. Quero o que não entendo. Quero muito e quero sem fim. Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar. Por isso, não me venha com superfícies, nada raso me satisfaz. Eu quero é o mergulho. Entrar de roupa e tudo no infinito que é a vida. E rezar – se ainda acreditar – pra sair ainda bem melhor do outro lado de lá.

Fernanda Mello

Na hora H sempre falta uma vogal. Mas quer, de novo, saber?



Não adianta tentar tirar da cabeça quem se alojou no coração.
Não adianta fingir que não sente na tentativa de passar a não sentir.
E quer saber? Te amo. Te amo de um jeito que eu tento explicar e não sei.
Palavra fica presa. Engasgo, afogo e uso palavras pela metade.
Na hora H sempre falta uma vogal. Mas quer, de novo, saber?
Meu coração nunca foi pela metade:
sempre foi-inteirinho-seu. Plim!
Clarissa Corrêa

O riso é um “medicamento” 100% orgânico, gratuito e contagiante, idealizado pela fisiologia humana para ser consumido sem moderação



O elixir do riso

Com essa poção você pode se embriagar à vontade. Rir desperta os hormônios do prazer, fortalece o coração e as defesas do organismo, turbina a criatividade e ainda queima calorias. Haja abdômen para praticar a mais prazerosa das ginásticas!
Quando foi a última vez que você soltou uma gargalhada daquelas que fazem torcer o abdômen e produzir baldes de lágrimas? Se um médico lançasse essa pergunta numa consulta de rotina, o paciente certamente colocaria em dúvida a reputação do profissional. Pois saiba que essa inquirição é mais reveladora do que supomos. Quem ri pouco pode estar padecendo dos males provocados por uma doença chamada “déficit de alegria”.
O riso é um “medicamento” 100% orgânico, gratuito e contagiante, idealizado pela fisiologia humana para ser consumido sem moderação. “Ele relaxa o corpo e a mente, fortalece as defesas do organismo, melhora a circulação e a pressão arterial e libera endorfina, hormônio que promove uma sensação de bem-estar geral”,
Raphaela de Campos Mello

Acho que você sabe que está apaixonada quando você não pensa mais só em você.



Acho que você sabe que está apaixonada quando finalmente decide que quer fazer sacrifícios por uma outra pessoa, ou quer abrir mão de algo por ela; você não pensa mais só em você.

~ Madonna

Deixe os homens aos seus pés (ou ao menos ande com sua auto-estima na ponta dos pés!)



Cinco verdades que toda mulher irresistível deve saber

A primeira delas é que "um relacionamento não salvará você", ou seja, é um erro acreditar que elas precisam de um homem ou de um relacionamento para se sentirem completas, inteiras, menos sozinhas, emocional ou financeiramente seguras e geralmente bem-sucedidas em suas vidas. "Partir da ideia que um relacionamento (ou qualquer outra coisa) completa, salva, ou transforma magicamente a sua vida é uma receita infalível para se manter infeliz e sozinha", ensina.

Para Marie relacionamentos são oportunidades espirituais e, não uma troca de necessidades. "Relacionamentos são uma oportunidade espiritual para evolução pessoal. Não há uma chance melhor para descobrir sua capacidade de amor, perdão, compaixão, completa autoexpressão e grandeza pessoal. Em nenhum outro lugar você encontrará a maior e a menor parte de você mesma. Em nenhum outro lugar você se confrontará com limites autoimpostos para a intimidade. Em nenhum outro lugar você poderá perdoar-se tão profundamente ou amar com tanta pureza", explica.

A vida é agora - É isso aí. O agora é tudo que sempre existe. "Em vez de curtir e aproveitar a minha vida exatamente como ela era, eu passava a maior parte do tempo reclamando, planejando, esquematizando, esperando e desejando que algum dia as coisas fossem diferentes", cita Marie.

Outra verdade, os homens não querem ser mudados, portanto, "Ame-os ou deixe-os", baby! "Você se sentiria atraída por um homem que constantemente tenta mudar ou melhorar você?" Alguém que fala para você perder um pouco de peso? Que gostaria que você falasse um pouco menos, mas cozinhasse e fizesse faxina? nem pense nisso. Você tem de parar de ficar tentando torná-lo diferente do que ele é, se quer ser irresistível", diz.

E ainda, se você quer garantias no amor, então você não quer amor. "a vida não nos dá garantias. Nós nunca saberemos o que virá pela frente, tudo que podemos fazer é aproveitar nossas vidas imediatamente, momento a momento, e dizer a nossa verdade conforme ela aparece".

Sete erros das mulheres não atraentes – que você deve evitar:

1 - Carência, o maior repelente de homens
2 - Insegurança constante
3 - Comunicadora incompetente
4 - Visual feio e desarrumado
5 - Atitude fria e amarga
6 - Maldosa e crítica
7 - Uma chata na cama

O livro “Deixe os homens aos seus pés” foi lançado em 2009 no Brasil pela editora “Universo dos Livros”.

Hoje é dia de Faxina na Alma... Jogue fora o que não quer mais...Liberte-se de todo peso inutil que carrega.



E quais são os pesos que tem arrastado ultimamente? Por acaso é a velha cobrança de ter que fazer algo, um casamento fracassado que se arrasta há muito, ou será uma culpa que te persegue?

Se a culpa é por algo que fez, entenda que nunca chegará a lugar algum se condenando. Culpas devem ser assumidas para que o erro seja corrigido, não para ser perpetuada, como carregar uma cruz enorme. Se você pediu desculpas, se demonstrou todo seu arrependimento por seu ato, e mesmo assim o outro se negar à perdoá-la, paciência, sua parte você já fez!


"Mas o que eu fiz foi muito grave para esta pessoa me perdoar"

Não importa a gravidade de seu ato porque você jamais deve ser a sua carrasca. Entenda que o arrependimento já está dentro de sua alma. Sem contar que perseguir o perdão nem sempre irá remediar a situação, sabia? Muito pelo contrário, ao se flagelar mentalmente ou se entregar ao outro para que pague na mesma moeda, estará atentando contra seu bem-estar sem receber nada em troca...Nem o perdão que tanto almejava conseguir!

Todos os sonhos que não se realizaram, todas os planos que falharam, nada disto tem valor na sua vida, por isto jogue fora!

Tenha novos sonhos, almeje novos horizontes e renove o armário de sua alma. Jogue este monte de frustrações no lixo e ocupe o lugar com coisas menos deprimentes. Você não é uma fracassada por não ter conseguido comprar sua casa e passar as férias em Paris. Se nada do que planejou não deu certo, não quer dizer que não seja capaz de recomeçar. Talvez nunca consiga ir a França, mas, sem o peso de suas cobranças, conseguirá ser tão feliz em Copacabana como seria em Paris.


"Eu nunca conseguirei ser feliz em Copacabana. Eu me sentiria mais fracassada ainda"

Então, troca os lamentos por atitudes, minha filha! Será que não se tocou que anda carregando um defunto em decomposição, o cadáver que é a soma de todos os seus sonhos mortos? Enterra de vez as frustrações ou ressuscita seus sonhos, mas não fica nestas de ficar esperando as coisas caírem do céu!

Quer ir à Paris sem fazer porra nenhuma, é isso que deseja? E só porque não conseguiu juntar grana nem para ir até Carapicuíba resolveu dar uma de mimadinha? Oras, pare de reclamar e mete as caras. Não me importa como vai fazer, se vai ter que trabalhar em três empregos e ainda vender sanduíche natural na praia. Oras, o sonho é seu, portanto, cabe a você pagar o preço!

Aliás, tudo na vida tem um preço.

O problema é que muitos querem pechinchar.

Conheço pessoas que envelheceram e se entregaram porque resolveram carregar o peso da idade nas costas. Seria muito mais lógico se aprendessem a viver sem lamentar o que perderam, mas como sofrem por não terem mais a beleza e o vigor de seus vinte e poucos anos...


Oras, a beleza está de acordo com a idade que temos, não há como lutar contra isso. Só que as pessoas se jogam pra baixo e se revoltam, e todo esse esforço inútel, pra que? Para acabarem se entregando à uma prostração, que nada mais é que o resultado de uma alma orgulhosa que não se aceita mais?

Se for esse o seu caso, liberte-se da nostalgia porque o passado não volta mais. E você pode chorar e se lamentar, mas nenhuma lágrima fará o corpinho ficar durinho como nos seus 18 anos de idade. Como? Se eu acho que uma mulher não pode ser bonita depois dos vinte e poucos anos? Não, minha cara, quem acha isso é você.

Existem milhares de porcarias infernizando sua vida, coisas que só servem para jogá-la no fundo do poço, mas você se recusa a abrir mão. Por que faz isso? Que benefício existe em carregar tanto lixo dentro do seu coração?

Que tal fazer uma limpeza na sua vida e jogar fora o que não quer mais?

Está cansada de tentar agradar todo mundo? Maravilha! A partir de hoje você só vai agradar aqueles que te aceitam. Jogue fora os falsos amigos, os amores suicidas e o desejo de agradar este monte de parentes que só querem te dominar e não te aceitam.


"Mas assim eu vou ficar sozinha!!"

Por isso que eu disse que você tem que pagar um preço por tudo que almeja, será que já se esqueceu? Eu acharia maravilhoso trocar todas essas pessoas (que você acha que deve aturar) por gente mais positiva, amigos de verdade.

Mas se eles farão tanta falta assim em sua vida...

Abra as portas e deixe sair as obrigações porque você não é obrigada a fazer nada! Entenda que tudo que se obriga a fazer não está de acordo com as leis da do Universo, porque tudo aquilo que não está em harmonia, não está no bem, não vem de Deus!

E os medos? Por que será que o medo de errar e não ser aceita te causa tanta dor, hein? Afinal, por que você teme mais o fracasso do que almeja o sucesso? Por acaso existe lógica neste comportamento? Claro que não! Então, livre-se dos medos e investe na coragem de tentar. E se errar, FODA-SE!!!! Você pode se levantar, sacodir a poeira e começar de novo.

É só não dar tanta importância para o que os outros vão pensar que tudo fica muito mais fácil.

Ao perder o medo que tem dos julgamentos estará jogando fora a carga mais inútil que existe!
Revista Andros

Como fazer um homem beijar o chão que pisa



Para começar, vamos deixar bem claro que "Eu Te Amo" só deve ser dito uma vez por ano, da mesma forma que "feliz aniversário" ou "Feliz Natal"!
E se ele for um "purgante", um chato de galocha bem inseguro, destes que ficam perguntando o tempo todo se você o ama, responda secamente:
"O que você acha?"

Homem muito seguro de si é uma merda, acredite. E quando ele fica nestas de perguntar sobre seus sentimentos, a melhor maneira de baixar a bola do gostosão é respondendo uma pergunta com outra. Afinal, ele podia jurar que a resposta seria "claro que te amo amor", mas diante de sua reação é bem provável que acabe morrendo de aflição.


Se dá certo? Oras, sempre dá certo com vocês, por que não daria com ele? Lembra das vezes que quis saber o quanto te amava e ele desconversou, fez que não estava entendendo o que queria dizer? Então, não se sentiu péssima diante da falta de reposta? Não teria sido melhor ele dizer um "Sim, querida", ou até mesmo um "Sei lá", qualquer coisa, menos aquela maldita incerteza?

Como homem adora perguntar se houve alguém melhor que ele em sua vida - e a verdade muitas vezes pode deixá-lo arrasado - antes de contar aquela mentira deslavada que ele é o "the best", o maior amante que já teve, repita a mesma tática, alimentando suas inseguranças:
"Por que acha que estou com você, querido??"

Ele gostaria de escutá-la dizendo que fica molhada só de imaginá-lo peladão, que é o homem mais gostoso do mundo, mas aí você iria pôr tudo a perder.


E antes de achar que perderá seu queridinho semeando em sua mente a indecisão, aprenda que o que mais prende um homem são as incertezas.

"Ó, dúvida cruel...Por qual motivo ela está comigo? Será que não estou dando no couro e ela só dá pra mim por que me ama? Oh, meu santo, onde está aquele livro do Kamasutra pra eu aprender mais um pouco de sexo?

Viu como é fácil fazer um homem se interessar mais pelo sexo que faz?

Fantasias e pequenos fetiches só devem ser repetidos esporadicamente, evitando repetir certas posições ou fantasias de acordo com a vontade dele.

Por isso, se ele quer sexo anal, faça como a mamãe, que fazia bolo de chocolate só de vez em quando. Lembra como você pensava que seria ótimo comer bolo o tempo todo? Mas você sabe que perderia todo o encanto se fosse todo dia, não é?


Então, com certas sacanagens tem que ser assim também. Tem que fazer o carinha merecer e desejar ardentemente o dia do "bolinho de chocolate".

Quando é que você vai repetir a dose, hein? -abandando o rabinho igual um cachorrinho pidão -Talvez amanhã? Oba!!

Mesmo que seja bom escuta-lo dizendo que está linda, não vai dar uma de tonta e se arreganhar toda. O certo é receber o elogio como algo natural, dar um sorriso de agradecimento, e só! Não tem nada a ver com frescura, minha filha. Oras, isso é tática da boa, coisa que a gente usa para manter as mulheres apaixonadas.

Você já viu algum homem se derreter por causa de um elogio quanto a sua beleza? Claro que não! Somos tão arrogantes que agimos como se elogios fossem algo que ouvimos o tempo todo.

E não vai dar uma de totona e dizer: "Ah, amor...'Ce tá falando isso só pra me agradar..."
Cacete!!! Se valoriza, traste!!!

Nunca seja a primeira a ligar no dia do seu aniversário. Aqui não tem nada de desprezo, muito pelo contrário. Espere o final do dia, quando ele estiver bem apreensivo. Sabe como é: além de fazê-lo pensar bastante em você, isto servirá para que ele perceba que é tão é importante em sua vida, que mal pode esperar por seu "Feliz aniversário".


Nunca, em hipótese alguma, deixe que ele pense que pode agradá-la com qualquer presentinho - um perfume comprado no camelô ou uma bimbada num muquinfo qualquer.

Você quer que ele lhe respeite e entenda que não é uma qualquer, certo? Então, mesmo que se sinta tentada a fazer aquele sexo animal, naquele hotelzinho fuleiro, cheio de pulgas, controle seu tesão e diga "não"! Em pouco tempo ele vai aprender que precisa ganhar mais para levá-la à lugares menos deprimentes. Então você terá um homem apaixonado e ao mesmo tempo o incentivará a ganhar mais!

Homens adoram achar que suas mulheres são requintadas e especiais, tudo na nossa vida funciona deste jeito. Gostamos de exaltar a potência do motor dos nossos carros, a qualidade dos nossos tênis importados, e não é diferente com as mulheres. Quando um homem tem AQUELA mulher ao seu lado, ele gosta de dizer com a boca cheia: "Minha mulher é demais!"

Agora, quando ele tem uma coió como esposa, o máximo que ele diz é que ela cozinha bem...

Quando dita na medida e nos momentos certos, a palavra NÃO pode ter um poder maravilhoso sobre os homens. Mulheres que sempre dizem SIM não representam nenhum tipo de desafio aos homens.

O segredo para fazer um homem beijar os seus pés está na capacidade de saber usar a maldade e a docilidade feminina nas doses certas!

QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!
Revista Andros

segunda-feira, 28 de março de 2011

Fiz o que quis e fiz com paixão.



Fiz o que quis e
fiz com paixão.
Se a paixão estava errada, paciência.
Não fiquei vendo
a vida passar;
sempre acompanhei
o desfile.

(Mário Lago)

O seu cheiro me invadiu novamente...



O seu cheiro me invadiu novamente, rasgando meus pensamentos


e jogando toda minha razão fora....




Lilian Moretti

Se não puder se destacar ...



Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço!"
Dave Weinbaum

Olhar para o mundo com olhos de promessa é positivar o que eu vim fazer por aqui.



É que dentro de mim tudo roda, a minha velocidade interna é avassaladora. Conviver com turbilhões de emoções deixa a vida criativa e a mente em permanente alerta. Olhar para o mundo com olhos de promessa é positivar o que eu vim fazer por aqui."

Denise Portes

Aluno é transitório. Filho é para sempre!



1.A educação não pode ser delegada à escola. Aluno é transitório. Filho é para sempre.

2. O quarto não é lugar para fazer criança cumprir castigo. Não se pode castigar com internet, som, tv, etc...

3. Educar significa punir as condutas derivadas de um comportamento errôneo. Queimou índio pataxó, a pena (condenação judicial) deve ser passar o dia todo em hospital de queimados.


4. É preciso confrontar o que o filho conta com a verdade real. Se falar que professor o xingou, tem que ir até a escola e ouvir o outro lado, além das testemunhas.

5. Informação é diferente de conhecimento. O ato de conhecer vem após o ato de ser informado de alguma coisa. Não são todos que conhecem. Conhecer camisinha e não usar significa que não se tem o conhecimento da prevenção que a camisinha proporciona.

6. A autoridade deve ser compartilhada entre os pais. Ambos devem mandar. Não podem sucumbir aos desejos da criança. Criança não quer comer? A mãe não pode alimentá-la. A criança deve aguardar até a próxima refeição que a família fará. A criança não pode alterar as regras da casa. A mãe NÃO PODE interferir nas regras ditadas pelo pai (e nas punições também) e vice-versa. Se o pai determinar que não haverá um passeio, a mãe não pode interferir. Tem que respeitar sob pena de criar um delinquente.

7.Em casa que tem comida, criança não morre de fome . Se ela quiser comer, saberá a hora. E é o adulto quem tem que dizer QUAL É A HORA de se comer e o que comer.

8. A criança deve ser capaz de explicar aos pais a matéria que estudou e na qual será testada. Não pode simplesmente repetir, decorado. Tem que entender.

9. É preciso transmitir aos filhos a ideia de que temos de produzir o máximo que podemos. Isto porque na vida não podemos aceitar a média exigida pelo colégio: não podemos dar 70% de nós, ou seja, não podemos tirar 7,0.

10. As drogas e a gravidez indesejada estão em alta porque os adolescentes estão em busca de prazer. E o prazer é inconsequente.

11. A gravidez é um sucesso biológico e um fracasso sob o ponto de vista sexual.

12. Maconha não produz efeito só quando é utilizada. Quem está são, mas é dependente, agride a mãe para poder sair de casa, para fazer uso da droga . A mãe deve, então, virar as costas e não aceitar as agressões. Não pode ficar discutindo e tentando dissuadi-lo da idéia. Tem que dizer que não conversará com ele e pronto. Deve 'abandoná-lo'.

13. A mãe é incompetente para 'abandonar' o filho. Se soubesse fazê-lo, o filho a respeitaria. Como sabe que a mãe está sempre ali, não a respeita.

14. Se o pai ficar nervoso porque o filho aprontou alguma coisa, não deve alterar a voz. Deve dizer que está nervoso e, por isso, não quer discussão até ficar calmo. A calmaria, deve o pai dizer, virá em 2, 3, 4 dias. Enquanto isso, o videogame, as saídas, a balada, ficarão suspensas, até ele se acalmar e aplicar o devido castigo.

15. Se o filho não aprendeu ganhando, tem que aprender perdendo.

16. Não pode prometer presente pelo sucesso que é sua obrigação. Tirar nota boa é obrigação. Não xingar avós é obrigação. Ser polido é obrigação. Passar no vestibular é obrigação. Se ganhou o carro após o vestibular, ele o perderá se for mal na faculdade.

17. Quem educa filho é pai e mãe. Avós não podem interferir na educação do neto, de maneira alguma. Jamais. Não é cabível palpite. Nunca.

18. Muitas são desequilibradas ou mesmo loucas. Devem ser tratadas. (palavras dele).

19. Se a mãe engolir sapos do filho, ele pensará que a sociedade terá que engolir também.

20. Videogames são um perigo: os pais têm que explicar como é a realidade, mostrar que na vida real não existem 'vidas', e sim uma única vida. Não dá para morrer e reencarnar. Não dá para apostar tudo, apertar o botão e zerar a dívida.

21. Professor tem que ser líder. Inspirar liderança. Não pode apenas bater cartão.

22. Pais e mães não pode se valer do filho por uma inabilidade que eles tenham. 'Filho, digite isso aqui pra mim porque não sei lidar com o computador'. Pais têm que saber usar o Skype, pois no mundo em que a ligação é gratuita pelo Skype, é inconcebível pagarem para falar com o filho que mora longe.

23. O erro mais frequente na educação do filho é colocá-lo no topo da casa. O filho não pode ser a razão de viver de um casal. O filho é um dos elementos. O casal tem que deixá-lo, no máximo, no mesmo nível que eles. A sociedade pagará o preço quando alguém é educado achando-se o centro do universo.

24. Filhos drogados são aqueles que sempre estiveram no topo da família.

25. Cair na conversa do filho é criar um marginal. Filho não pode dar palpite em coisa de adulto. Se ele quiser opinar sobre qual deve ser a geladeira, terá que mostrar qual é o consumo (KWh) da que ele indicar. Se quiser dizer como deve ser a nova casa, tem que dizer quanto isso (seus supostos luxos) incrementará o gasto final.

26. Dinheiro 'a rodo'para o filho é prejudicial. Mesmo que os pais o tenham, precisam controlar e ensinar a gastar.
Finalizando:
"...A mãe (ou o pai!) que leva o filho para a igreja, não vai buscá-lo na cadeia..."



Autor: Içami Tiba

Você tem pedido sorvete a Deus? Um sorvete como sobremesa! Amém.


No restaurante, o garotinho pediu se poderia dar graças. Quando todos juntaram as mãos e baixaram a cabeça, ele disse, em alta voz: Deus é bom! Obrigado pela comida. Eu até agradeceria mais se o pai comprasse um sorvete como sobremesa! Amém. Junto com as risadas de várias pessoas, veio a crítica de uma velhinha sentada em outra mesa: É isso que está errado com nossas igrejas! Elas nem mesmo ensinam às crianças como orar! Onde já se viu, pedir um sorvete para Deus! Ouvindo isso, o garotinho caiu em prantos: O que fiz de errado? Deus está bravo comigo? Uma outra senhora interveio: Você fez uma grande oração. E apontando discretamente para a senhora que iniciou a confusão, acrescentou, com voz sussurrada: Que pena que ela nunca pede um sorvete para Deus. Um pouco de sorvete, às vezes, faz bem para alma. E é claro que chegou a hora do sorvete. Aqui está o sorvete que você pediu. Foi então que o garotinho pegou seu sundae, caminhou em direção da senhora que havia iniciado o problema, colocou o sorvete em frente dela e disse: É para você. Um pouco de sorvete, às vezes, faz bem para alma, e a minha alma já está boa.

Às vezes me pego pensando em tudo o que já vivi...

Às vezes me pego pensando em tudo o que já vivi, pessoas que conheci, as quais cheguei à amar e cheguei à me decepcionar. Vi coisas que não queria, senti coisas que não devia, falei coisas que não podia. Ah, se eu pudesse esquecer tudo o que já passei, das dores que já senti e poder me afastar daqueles que tanto me querem mal. Conseguir mais uma única vez fazer com que meu coração bata forte por alguém, que valha a pena, que me queira bem. Queria ter o controle do tempo, do destino e do coração, principalmente, para que assim eu não fosse pega de surpresa nunca mais. Não me iludir com promessas falsas, palavras sem fundamentos, beijos e abraços sem sentimento. Não vou deixar que abalem meu “eu” interior, pois foi com ele que conquistei tudo o que tenho hoje em dia. Acredito na felicidade, acredito ainda mais que vou achá-la.
Deborah Strougo

A BELEZA...E mais do que uma imagem ; E está presente em tudo que nos cerca.



É mais que a busca pela perfeição,
E mais do que uma imagem ;
É parte de cada um de nós !
E está presente em tudo que nos cerca.

Muitas vezes...
Está bem à nossa vista,

Outras vezes...
Ela vem de dentro de nós !
É a única coisa que podemos ver com os olhos.
E também...
Sentir com o coração!

Não há ninguém,
Que possa realmente defini-la...

Porque a beleza
É tão particular,
Valiosa,
E cheia de nuances...
Como a própria Vida !

É assim que é a beleza!
A beleza é o que está na Alma,
No coração...

Autor Desconhecido

Toda vez que você passar por algum momento difícil, erga sua cabeça, olhe para o céu e diga: Tenho fé na vida e tudo vai dar certo!



NOSSAS VIDAS

Nunca diga que algo é impossível… As coisas são no máximo improváveis, mas nunca impossíveis!

Nunca desista antes de tentar, e, se você for se arrepender de algo, não se arrependa do que você fez, e sim do que você deixou de fazer…

Porque tentar e errar, é ao menos aprender; enquanto que nem mesmo tentar é desperdício.

Não desperdice nenhuma chance de sua vida; afinal, a sorte não bate todo dia à nossa porta.

Tenha discernimento para saber o que é certo e o que é errado;

Tenha sua própria cabeça; não se deixe influenciar; mas saiba ouvir sempre a opinião dos outros, principalmente, saiba admitir seus erros.

Seja humilde, seja leal …. seja como for, com quem for…..

Seja com um amigo, alguém especial ou com um objetivo não importa!Â

Tenha lealdade e humildade!!

Estamos aqui em busca da felicidade não só da nossa mas também dos outros….

E não é difícil encontrá-la… Ela está dentro de nós! E nós com certeza a merecemos !!

Devemos “correr” atrás de nossos sonhos; porque sem eles não chegamos a lugar nenhum; Temos que ir atrás do que desejamos.

A vida é bela e as esperanças nunca devem acabar;
Assim como não deve acabar o amor que existe dentro de nós .

Saiba sobreviver às tristezas; saiba se erguer após cada queda; e saiba amar sem medo.. Pois o medo não nos traz nada, apenas leva!!

Ame de corpo e alma… mesmo que depois esse amor acabe; aproveite cada momento; cada segundo do seu viver!

Não deixe morrer esse anjo que há dentro de cada um de nós… esse anjo chamado AMOR; esse anjo que dá toda luz necessária para a nossa vida.

Não tenha ódio por ninguém, mesmo que desejem e façam o pior pra você; pois , se você tiver ódio, seu escudo, que é o amor cai e, aí sim, poderão lhe atingir !

Tenha apenas pena dessas pessoas, pois elas mataram o anjo que existia em seus interiores e se esqueceram que somos todos iguais, e que merecemos respeito, carinho e felicidade.

Toda vez que você passar por algum momento difícil, erga sua cabeça, olhe para o céu e diga: Tenho fé na vida e tudo vai dar certo!

Reze e agradeça a Deus pela oportunidade, pois é como dizem: “No fim, o que conta é a maneira como encaramos os desafios e os obstáculos da vida e como cuidamos dela”

SEJA FELIZ!

Fabio Centenaro

domingo, 27 de março de 2011

Saudade não é olhar pro lado e dizer “se foi”. É olhar pro lado e perguntar “cadê”?



Saudade não é o que a gente sente quando a pessoa vai embora. Seria muito simples acenar um ‘tchau’ e contentar-se com as memórias, com o passado. Saudade não é ausência. É a presença, é tentar viver no presente. É a cama ainda desarrumada, o par de copos ao lado da garrafa de vinho, é a escova de dentes ao lado da sua. Saudades são todas as coisas que estão lá para nos dizer que não, a pessoa não foi embora. Muito pelo contrário: ela ficou, e de lá não sai. A ausência ocupa espaço, ocupa tempo, ocupa a cabeça, até demais. E faz com que a gente invente coisas, nos leva para tão próximo da total loucura quanto é permitido, para alguém em cujo prontuário se lê “sadio”. Ela faz a gente realmente acreditar que enlouquecemos. Ela nos deixa de cama, mesmo quando estamos fazendo todas as coisas do mundo. Todas e ao mesmo tempo. É o transtorno intermitente e perene de implorar por ‘um pouco mais’.

Saudade não é olhar pro lado e dizer “se foi”. É olhar pro lado e perguntar “cadê”?

Beeshop

Respeitável público… e o palhaço quem é?



O Era uma vez um palhaço muito engraçado, e muito bonzinho. As crianças adoravam ir ao circo só para ouvir suas piadas e cair na gargalhada.
Quando o circo chegava, era aquela festa! Todo mundo se arrumava para ver os malabaristas e outros personagens, mas famoso mesmo era o palhaço.
Sempre que ele entrava no picadeiro, fazia suas gracinhas, e contava suas piadas, as crianças logo gritavam felizes:
- Eh! Esse palhaço é muito bom! É muito engraçado mesmo!

O que ninguém sabia era que o palhaço era um velhinho triste, muito triste com o seu nariz, que ele achava muito feio:

- Se as crianças me virem sem fantasia, vão me achar horrível com este nariz!
E tanto ele sofria com isto que, um dia, um anjinho teve pena dele:

-Está bem, vou levar você até o Planeta dos Narizes, e você vai poder escolher um nariz novo que o deixe muito feliz!

-Obá! (o palhaço nunca esteve tão animado!)
Voaram para o espaço, e viram a Terra lá de longe. Viajaram pelas estrelas até encontrar o Planeta dos Narizes. Ali só tinha nariz, e mais nada. O palhaço nem sabia o que fazer, de tanto nariz que tinha neste lugar.

Olhou para tudo o que pôde, e começou a experimentar as trocas. Na frente do espelho, ele tentava: primeiro este, depois aquele ... até encontrar um que achou muito bonito.

O anjinho olhava tudo com muita paciência, pois aquele era alguém especial: um palhaço muito bonzinho.

- Podemos voltar para a Terra?

- Claro! Vamos lá!
Na hora do espetáculo, o palhaço entrou no picadeiro se achando o máximo, lindo de morrer. Contou uma porção de piadas, fez todas as gracinhas, mas...

Ninguém achou engraçado.

Até o faquir, que estava esperando sua vez, desistiu de esperar a risada de sempre, e perguntou:
-Já posso começar? É a minha vez?

O palhaço saiu muito triste, e foi procurar o anjinho. Pediu para voltar novamente ao Planeta dos Narizes, pois a criançada não tinha gostado nada deste. E então foram até lá.

Uma... ...

Duas... ...

Três... ...

.... muitas vezes! E em todas o resultado era o mesmo:
- Uh! Esse palhaço é feio! Não é engraçado, não! Uh! - e a vaia doía e rolava nos olhos do palhaço, que a toda hora escolhia um nariz novo.

Até que, um dia, o palhaço estava lá escolhendo nariz no Planeta dos Narizes, quando descobriu um que ele nunca tinha visto antes:

- Ahá! Deste aqui as crianças vão gostar, tenho certeza!

E voltaram os dois para o circo.

Na hora do espetáculo:
Foi aquela festa!

O palhaço contou suas piadas, e a criançada riu muito com ele!

Todos comemoraram a volta do palhaço engraçado. Até a vovó ficou contente e dançou com a criançada:

O palhaço ficou muito feliz, e saiu correndo para contar ao anjinho que, finalmente, tinha escolhido o melhor nariz. Só não esperava que o anjinho lhe dissese:

- Esse é seu próprio nariz, aquele que deixava você tão infeliz ...

Muito espantado, o palhaço acabou reconhecendo que era mesmo! Mas a verdade é que estava muito feliz, e logo voltou correndo para o circo e seus amiguinhos contentes.

Descobriu que nada é melhor do que sermos nós mesmos.


Comemora-se o Dia do Circo em 27 de março, numa homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, que nasceu nessa data, no ano de 1897, na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo.

Um dia todos nós temos que arrumar a casa…Há momentos em que para se arrumar é preciso bagunçar. hoje eu vou mudar…



Hoje eu vou mudar
Vasculhar minhas gavetas
Jogar fora sentimentos e ressentimentos tolos
Fazer limpeza no armário retirar traças e teias
E angústias da minha mente
Parar de sofrer por coisas tão pequeninas
Deixar de ser menina pra ser mulher
Hoje eu vou mudar
Por na balança a coragem
Me entregar no que acredito
Pra ser o que sou sem medo
Dançar e cantar por hábito
E não ter cantos escuros
Pra guardar os meus segredos
Parar de dizer
Não tenho tempo pra vida que grita dentro de mim
Me libertar!...
Hoje eu vou mudar
Sair de dentro de mim
E não usar somente o coração
Parar de cobrar os fracassos, soltar os laços
E prender as amarras da razão
Voar livre com todos os meus defeitos
Pra que eu possa libertar os meus direitos
E não cobrar dessa vida
Nem rumos e nem decisões
Hoje eu preciso e vou mudar
Dividir no tempo e somar no vento
Todas as coisas que um dia, um dia sonhei conquistar
Porque sou mulher como qualquer uma
Com dúvidas e soluções,
Com erros e acertos,
Amor e desamor.
Suave como a gaivota e ferina como a leoa
Tranqüila e pacificadora
Mas ao mesmo tempo irreverente e revolucionária
Feliz e infeliz, realista e sonhadora,
Submissa por condição mas independente por opinião
Porque sou mulher com todas as incoerências que fazem de nós
O FORTE SEXO FRACO.


Vanusa

Come ou gasta demais? Entenda vários tipos de compulsão



Um dos tipos mais comuns de compulsão é a alimentar

Comer de maneira desmedida, gastar demais, ser obcecado pela própria aparência, passar dias à frente do computador. Comportamentos associados ao estilo de vida agitado e competitivo que se leva nas grandes cidades precisam de atenção: podem ser considerados doença, conhecidos como compulsão.

A Organização Mundial da Saúde estima que mais de 120 milhões de pessoas em todo o mundo sofram com a doença. A compulsão é considerada o quarto diagnóstico psiquiátrico mais frequente na população. Até o ano 2020, os transtornos ligados à compulsão estarão entre as 10 causas mais importantes de comprometimento por doença.

Os especialistas afirmam que tais cenários são consequência da sensação de aprisionamento do homem, que precisa seguir regras rígidas no trabalho e em casa para atender aos códigos sociais. A compulsão é uma tentativa de recuperar a autonomia.

Pode ser por jogos, compras, tratamentos estéticos, comida. Enfim, tudo! Entenda o problema e veja como deve ser combatido segundo informações da psicóloga clínica, psicanalista e especializada em psicologia hospitalar Cynthia Bezerra, do médico especialista em Nutrologia Cristiano Merheb, e do cirurgião plástico Gustavo Merheb.

1) A compulsão e as questões das dependências representam tentativa de diminuir os níveis de ansiedade por meio da obtenção do prazer imediato. "A todos nós sempre faltará algo. Não se pode ter tudo, ser tudo ou experimentar o tempo todo sensações de bem-estar e de completude. O dependente acaba se utilizando de atos compulsivos para preencher essa falta, esse vazio porque, na verdade, não consegue lidar com a falta e o vazio", disse Cynthia. Segundo ela, muitos desses comportamentos são moldados prioritariamente na infância.

2) Praticar atividades que dão prazer é saudável. O problema é quando a busca de prazer se torna tão imperativa que a pessoa perde o controle. Falsamente tachadas como excêntricas ou irresponsáveis, pessoas que agem dessa forma são, na verdade, portadoras do que os especialistas chamam de transtornos da impulsividade.

3) Nem sempre o problema é encarado como negativo, pois geralmente os compulsivos são pessoas perfeccionistas, severas e rígidas. Perante os colegas, no entanto, parecem criativas e dinâmicas. "Por isso muitas se destacam e são líderes em seu meio. Possuem enorme poder de persuasão e processam informações com uma rapidez invejável", afirmou Cynthia.

4) As compulsões são divididas em dois polos. O compulsivo que engloba transtornos do comer sem parar, da hipocondria, do alcoolismo etc. Nesses casos o sujeito busca a fuga do risco, do sofrimento e da angústia. O outro grupo é o impulsivo, caracterizado pelo jogo patológico, a compulsão sexual e a compra compulsiva. Nesses casos, o indivíduo busca o risco e, com ele, o prazer imediato.

5) Mesmo que os atos resultem em arrependimento posterior, a pessoa volta a cometer a compulsão.

6) O tratamento é feito por meio da psicoterapia e de remédios. O primeiro passo é a pessoa reconhecer que sofre do transtorno e depois a busca da origem do problema e seu tratamento. Alto nível de ansiedade e baixa auto-estima são sempre características do paciente compulsivo.

7) Segundo o médico Cristiano Merheb, especialista em Nutrologia, cerca de 75% das pessoas que estão acima do peso sofrem de compulsão alimentar. A síndrome, também conhecida como binge eating, faz com que a pessoa não coma para saciar a fome física, mas sim por impulso. Durante os ataques de binge, o compulsivo alimentar chega a ingerir até 10 mil calorias em uma única refeição.

8) Na compulsão alimentar, a pessoa perde o controle sobre a decisão de comer ou não e sofre muito por não conseguir reagir diante do impulso.

9) Passar horas pensando na própria imagem e sofrendo com a aparência retratam o Transtorno Dismórfico Corporal (TDC). O principal sentimento dos pacientes é o da angústia e a pessoa sente vontade de se esconder e de não ser visto. E não adianta lançar mão de tratamentos estéticos, pois nada ajuda a superar a sensação. "O papel dos profissionais que lidam com a beleza é muito importante. Cabe a ele julgar se aquela pessoa tem noção do próprio corpo, se ela compreende o que quer fazer. Se a pessoa procura o irreal, é importante ela ser esclarecida. É preciso conduzir a pessoa ao reencontro com sua própria personalidade", disse o cirurgião plástico Gustavo Merheb.

10) Profissionais enfrentam um problema comum ao lidar com a questão da dependência ou compulsão: o fato de ser visto como falta de caráter ou fraqueza de personalidade da pessoa. "Apesar dos esforços da comunidade científica em reverter essa apreciação do problema, ela permanece e somente piora o acesso dos dependentes a um tratamento adequado", disse a psicóloga Cinthya Bezerra.



FONTE: http://saude.terra.com.br

O que você tem feito para ajudar no combate à dengue?



O que você tem feito para ajudar no combate à dengue? No Brasil, milhares de pessoas já estão agindo para não deixar que o mosquito transmissor da doença se reproduza, eliminando todos os locais com água parada.

Para evitar que a dengue se torne um caso sério na sua cidade, é preciso agir também: cuidar da sua casa, conversar com os vizinhos e acionar a prefeitura quando necessário.

Combater a dengue é muito simples. Tampar a caixa d'água, colocar sempre o lixo em saco plástico ou mesmo limpar as calhas do telhado são só alguns exemplos. São tarefas do dia a dia que fazem a diferença.

Precisamos da sua participação na campanha e de mais pessoas envolvidas nessa luta. O Brasil conta com você.

O mais importante é lidar com os momentos difíceis poder com as mudanças e superar o problema até chegar ao outro lado em que o sol ainda está brilhando só para você.




"As dificuldades aparecem na vida de todos nós.
O mais importante é lidar com os momentos difíceis,
poder com as mudanças e superar o problema até chegar ao outro lado em que o sol ainda está brilhando só para você.
É preciso ser uma pessoa forte para lidar com as dificuldades e as escolhas difíceis. Mas você é uma pessoa forte. É preciso coragem. Mas você tem a coragem interior necessária para sobreviver. É preciso ser o ator principal da sua vida. Mas você está no banco do motorista e pode determinar a direção que você quer tomar.
Persista... e tome cuidado para que você não perca
de vista a única coisa que é constante, bonita e verdadeira;
Tudo vai terminar bem - e será assim porque você
é uma pessoa especial.
Então... a partir de hoje e por toda a vida - persista sempre e não tenha medo de sentir que o sol está brilhando...
só para você."

Douglas Pagels

Não quero uma pessoa perfeita



Eu quero alguém que me ame e sorria para mim quando me sinto triste. Quero alguém que me envolva em seus braços e me chame de linda quando mais ninguém acha isso. Não quero o mais bonito, quero apenas o normal para me manter feliz. Não quero o mais engraçado, mas quero aquele que me faça rir apenas por seu jeito meigo.Não precisa ser o mais criativo do mundo, mas quero alguém que me surpreenda com uma ligação no meio do dia, apenas para ouvir minha voz.Eu queria alguém fiel. Alguém que me visse como a única. Alguém que apontasse para mim e pensasse que eu sou a menina de seus olhos. Eu não quero uma pessoa perfeita aos olhos do mundo. Eu quero uma pessoa perfeita aos olhos de Deus.

Autor Desconhecido

sábado, 26 de março de 2011

Hoje decidi dar um passeio...Mas um passeio diferente de todos os outros...Fui dar uma volta dentro do meu coração...



Hoje decidi dar um passeio...
Não um passeio qualquer...
Mas um passeio diferente de todos os outros...
Fui dar uma volta dentro do meu coração...
Logo que entrei dei de caras com velhos conhecidos...
Uns que me foram importantes...
Outros que nem por isso...
Mas resolvi não parar...
Segui o meu caminho...
E logo de seguida tive um encontro com a dor...
Andava desesperada...
Como qualquer dor...
Precisava de ser acalmada...
Tentei consola-la...
Sem solução...
Mas numa esquina bastante movimentada encontrei a paixão...
Tentava de todas as maneiras fugir da solidão...
Apreciei a sua loucura por momentos...
Continuei...
Deparei-me com uma rua estreita...
Escura...
Fria...
Qual não é o meu espanto ao encontrar lá saudade...
Batia em todas as portas...
Empreitava todos os becos e vielas...
O que queria ela???
Apenas deseja um alguém que dividisse com ela...
A dor de uma paixão que sem dó nem compaixão...
A deixou na solidão
Autor Desconhecido

Porquê o "AMOR" é tão complicado de se compreender?

A vida em alguns momentos é estranha, é complicada,
Às vezes nos deixa sozinhos na longa estrada,
Longa estrada dessa vida, que está cheia de buracos,
Buracos que querem nos ver como cacos.
Em alguns momentos a vida, nos coloca numa situação bastante chata,
Pois nos obriga a tomar decisões, que quase nos mata,
Nos mata de agonia, desespero, é uma complicação,
Toda vez é a mesma coisa, quem sempre sofre é o coração.
Coração sem emoção, não terá nenhum sofrimento,
Mas pode ter certeza, também não terá se quer um sentimento,
Sentimento esse, que é a razão da nossa existência,
Esse sentimento nos faz sofrer, às vezes pela nossa enorme inocência.
O amor às vezes exige um esforço incrível,
Esforço que em alguns casos nos força a fazer algo impossível,
Impossível, essa palavra não existe para o amor,
Deve ser por isso que no amor, sempre existe a dor.
E quando o amor chega a você de surpresa,
Um enorme susto é aquela beleza,
Mas quando o susto passa, e você resolve o que fazer,
Você segue seu coração e sempre busca o prazer.
Complicado amor, tão complicado que sem ele não vivemos,
Extremamente necessário, sem ele parece que morremos,
Morremos pela agonia, que ele sempre nos faz passar,
Mas não vivemos sem essa agonia, pois precisamos amar.
Amar para viver, essa enorme emoção,
Emoção que sempre faz pulsar o coração,
Pulsando o coração, nos apaixonando de verdade,
Viver sem esse sentimento é no mínimo uma maldade.
Desconheço Autor

"O que vem de baixo não me atinge."


Não deixe que as provocações o afetem
Susana era extremamente sensível. Um insulto real ou imaginário, um olhar enviesado, o menor sinal de crítica a lançava em um poço de desespero e angústia. Sua irmã observou:"É como se um caminhão passasse por cima dos sentimentos de Susana pelo menos 10 vezes por dia".

"O que vem de baixo não me atinge." Embora repetissemos essas palavras desde a infância, quando outras crianças nos incomodavam não acreditávamos realmente nelas . O provérbio era apenas um modo conveniente de parecer indiferente. Por dentro, sentíamos raiva e mágioa quando éramos alvos de xingamentos, zombarias, provocações e outros insultos.
Talvez tenhamos dificuldades em enxergar uma verdade primordial: não são as palavras que nos ferem; nós é que nos ferimos com as palavras. Experimente convencer uma criança de sete, oito, nove ou 10 anos de que ela não precisa se chatear com o fato de ser chamada, em tom de deboche, de "quatro-olhos" por causa dos seus óculos. Tente convencer uma menina de 12 anos de que não precisa se preocupar se as amigas, menos desenvolvidas, zombam dela por usar sutiã.
Andrew, um inteligente menino de 10 anos, estava triste porque dois garotos o haviam chamado de nerd. Não tivemos sucesso na tentativa de convencê-lo de que eles provavelmente estavam com inveja de sua inteligência acima da média e de suas notas sempre altas.
Algumas pessoas possuem uma necessidade desesperada de serem amadas (às vezes a qualquer preço) e de serem vistas como populares. Carregam esses desejos por toda a vida _ buscam avidamente a popularidade e a aprovação dos outros, e muitas vezes ficam arrasadas com críticas e rejeições.
Como aprendemos a não nos deixar afetar pelas palavras dos outros?

* Se alguém está lhe menosprezando, é essa pessoa que tem problemas emocionais. Pessoas equilibradas não desdenham das outras.

Qualquer um que aproveite esse conselho conseguirá ignorar as críticas negativas e sair ileso.
Veja a coisa da seguinte forma: se você visitasse um hospital psiquiátrico e um paciente internado em isolamento o criticasse agressivamente, você não o levaria a sério. Considerando a fonte da crítica, você a ignoraria. Só porque a pessoa que o insultou não é doente mental não significa que você deva levar em consideração suas críticas.

* Os outros, e as palavras que eles proferem, têm somente o poder que você lhes confere.

(não encontrei o autor)

A dança e o riso são as melhores portas, se você estiver possuído pela dança e pelo riso o pensamento pára.



A dança e o riso são as melhores portas, as mais naturais, as mais facilmente acessíveis para entrarmos na não-mente. Se você realmente dançar, o pensamento pára. Você dançar sem parar, girando, girando e se tornar um redemoinho - todas as fronteiras, todas as divisões desaparecem. Você nem mesmo sabe onde seu corpo termina e onde a existência começa. Você se dissolve na existência e a existência se dissolve em você.
E se você estiver realmente dançando - não controlando a dança, mas deixando que ela o conduza - se você estiver possuído pela dança, o pensamento pára.
O mesmo acontece com o riso. Se você for possuído pelo riso, o pensamento pára. E se você conhecer alguns momentos de não-mente, esses vislumbres lhe assegurarão muito mais recompensas que irão surgir.
O riso pode ser uma bela introdução a um estado de não-pensamento.
No dia em que o homem se esquecer de rir, no dia em que o homem se esquecer de brincar, no dia em que o homem se esquecer de dançar, ele não será mais um homem; ele terá caído para uma espécie sub-humana. A brincadeira o deixa leve, o amor o deixa leve, o riso lhe dá asas.
Dançando com alegria ele pode tocar as estrelas mais longínquas, pode conhecer o próprio segredo da vida.
... O que há de errado em desfrutar a si mesmo? O que há de errado em estar feliz? Se existe alguma coisa errada, está em sua infelicidade, porque uma pessoa infeliz cria ondulações de infelicidade por toda a sua volta. Seja feliz!
... O tantra diz: seja real, seja autêntico consigo mesmo. Sua felicidade não é ruim, ela é boa. Ela não é pecado! Somente a tristeza é pecado, somente ser miserável é pecado. Ser feliz é virtude porque uma pessoa feliz não criará infelicidade aos outros. Somente uma pessoa feliz pode ser um solo para a felicidade dos outros.”

OSHO

Saber amar...“É amar e deixar ser amado!” Tão simples quanto a vida, que teimamos em complicar...


Almejamos encontrar o verdadeiro amor.
Procuramos por alguém que compartilhe dos mesmos sonhos.
Que nos dê atenção, carinho e esteja sempre ao nosso lado.
Queremos uma pessoa que ouça nossas dúvidas.
Que lute conosco e não nos abandone no meio do caminho.
Uma pessoa companheira, que aceite as nossas manias e respeite nossos sonhos.
Que nos dê colo, que não tenha vergonha de demonstrar o seu amor.
Que nos levante quando cairmos.
Que compartilhe as alegrias e as tristezas.
Sim, queremos ser amados!!!
Mas sabemos amar?
Afinal, o verdadeiro amor é ser amado e também amar.
Muitas vezes, cobramos atitudes, gestos e demonstrações de amor, mas esquecemos de fazer o mesmo.
É tão fácil exigir carinho, o difícil é retribuir.
Procuramos uma pessoa idealizada pelas nossas fantasias.
Alguém que venha satisfazer a nossa vontade.
Não aceitamos ser contrariados.
Porém, o amor é uma troca.
É baseado no afeto, no respeito, na cumplicidade, no companheirismo, na fidelidade, na amizade e tantos outros sentimentos dignos.
Muitas vezes também, por não sabermos amar nos envolvemos com a pessoa errada.
Com alguém que não nos valoriza, que teima em nos colocar pra baixo.
Que ao invés de alegria nos presenteia com a tristeza.
Mas por medo da solidão, aceitamos as migalhas oferecidas.
Outras vezes, procuramos satisfazer os nossos desejos em inúmeras bocas.
Vivemos relações artificiais, valorizamos o momento, mas esquecemos de também construir o amanhã.
Aproveitamos a madrugada, mas quando a luz se acende, novamente estamos sozinhos.
E em outras ocasiões, nos perdemos na procura da pessoa perfeita, da metade exata que irá nos preencher.
Nos esquecemos que amar é aprender a aceitar as diferenças.
É respeitar a individualidade, não querer moldar o outro ao seu gosto e sim compreender que as pessoas são diferentes, mas podem aprender a crescer juntas.
Esse é o amor verdadeiro.
Que não se perde em cobranças.
Que não se fecha no ciúme.
Que não se enrola nas intrigas
Que não queima na dúvida.
Que não caminha para o abismo.
Que não termina com o tempo.
E que não conhece o fim.
O verdadeiro amor é sublime.
É divino.
Ele nasce dentro de cada um, no momento que aprendemos a nos amar.
Porque só podemos dar o que já temos.
Então, antes de receber, devemos semear o amor no coração.
Devemos nos amar, aí poderemos compartilhar esse sentimento tão lindo.
E só assim iremos descobrir o verdadeiro amor.
Porque amar é simples.
Como diz a música: “É amar e deixar ser amado!”
Tão simples quanto a vida, que teimamos em complicar...

Sônia Carvalho

Procure caminhar até um lugar bastante silencioso e deixe sua alma ajoelhar-se.



A longa tradição dos monges cristãos do deserto fala sobre o importante ato de orar: nem sempre praticado.
"Procure caminhar até um lugar bastante silencioso e deixe sua alma ajoelhar-se. Não pense em absolutamente nada, apenas entregue-se. Una o seu desejo com o desejo de Deus. A partir, e aos poucos, tente transformar o seu desejo no desejo de Deus.
Se você fizer isso e repetir o ato por duas semanas, durante apenas cinco minutos do seu dia, o amor supremo irá se manifestar. E é esse amor supremo que vai trazer de volta as cores da sua vida".

Paulo Coelho.