terça-feira, 11 de dezembro de 2012

As vezes, nossos sonhos caem no chão e Nosso coração, chora em silêncio,


As vezes, nossos sonhos caem no chão
Como pedacinhos de estrelas que pouco a pouco se apagam
Nosso coração, chora em silêncio,
E quando as lágrimas caem, gelam todo o corpo
E o coração de tanto amar se converte em gelo
Para não sofrer mais, para já não chorar,
Mas se voltar ao céu,
Se darás conta que tem milhões de estrelas
E cada uma é um sonho por cumprir,
E a força em seu interior,
Derreterá o gelo em seu coração.
Só nunca deixe de acreditar,
Porque o amor
E teus sonhos
São a única porta Para a eternidade.”
Dulce Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário